Manaus, 21 de setembro de 2021
PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Flamengo não pode ser punido pela CBF por jogo com público contra o Grêmio; entenda

Bandeiras de torcidas do Flamengo Foto: Marcelo Theobald / Agência O Globo
Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on reddit
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Enquanto a liminar do STJD, que permite que o Flamengo tenha público em seus jogos como mandante, estiver em vigor, o clube não poderá ser punido pela CBF. A discussão sobre uma possível sanção se iniciou após o rubro-negro ter recebido autorização da Prefeitura do Rio de Janeiro para que o jogo contra o Grêmio no Maracanã, na quarta-feira, pela Copa do Brasil, possa receber torcedores e também outras duas partidas, pelo Brasileiro e Libertadores.

A hipótese de uma punição ao Flamengo na Copa do Brasil foi levantada por um suposto descumprimento ao regulamento da CBF. Segundo o “Protocolo de recomendações para retorno do público aos estádios” elaborado pela confederação para suas competições, se um clube tem autorização dos órgãos públicos para ter torcida no estádio e o outro não, ambos os jogos devem ser sem torcida.

Diz o documento: “em partidas ida e volta (mata-mata), no caso de um dos clubes envolvidos não ter autorização pelo órgão sanitário local para receber público no estádio, ambas as partidas não terão público. Exemplo: Clube A da UF 1 tem permissão pela autoridade sanitária local para receber público máximo de 20% do estádio, enquanto Clube B da UF 2 não tem permissão pela autoridade sanitária local para receber público (0% do estádio). No caso de confronto entre as equipes em formato eliminatório ida e volta, nem Clube A nem Clube B poderão receber público nos seus respectivos estádios”.

No entanto, de acordo com a própria CBF, enquanto a liminar do STJD estiver em vigor, a confederação nada pode fazer contra o Flamengo, já que a decisão judicial se sobrepõe ao regulamento. E também porque o quesito “público nos estádios” é uma questão administrativa e não esportiva.

O Flamengo só poderá ser punido pela CBF caso a liminar dada ao clube seja cassada pelo presidente do STJD, Otávio Noronha — que foi quem concedeu o direito ao rubro-negro —, e ainda assim o Flamengo permita torcida no estádio. Neste caso, o clube não estaria mais respaldado pela Justiça e, aí sim, estaria descumprindo o regulamento.

Há na mesa de Noronha um pedido feito por 17 clubes da Série A (exceto o próprio Flamengo, Atlético-MG e Cuiabá) para que a liminar seja revogada. Oficialmente, o STJD diz que o presidente está analisando o pedido e que não há prazo para uma resposta. No entanto, a possibilidade de o documento ser analisado até quarta-feira é extremamente remoto, o que garante o público no jogo contra o Grêmio. A liminar concedida ao Flamengo será discutida pelo pleno do tribunal, ou seja, pelos outros auditores, apenas no dia 23 de setembro.

O Grêmio chegou a cogitar não entrar em campo na quarta-feira, mas mudou de posição justamente para evitar ser punido. O Regulamento Geral de Competições da CBF prevê sanção aos clubes que perdem por W.O., como a desclassificação do campeonato. O tricolor gaúcho chega ao Rio de Janeiro nesta terça-feira, em voo fretado.

Enquanto isso, o Flamengo mantém a venda de ingressos para a partida. Para este jogo, será permitida a presença de 24.783 pessoas, aproximadamente 35% da capacidade do Maracanã. A venda é online e os ingressos custam de R$ 100 a R$ 900. Entretanto, a venda só é permitida para aqueles que comprovarem terem tomado vacina contra a Covid-19 e realizarem exame em laboratórios conveniados com o clube.

Ficheiro:Extra (RJ).svg – Wikipédia, a enciclopédia livre

Voce pode gostar também!

Estamos ao vivo clique aqui!

Conheça meus serviços

É um serviço especializado realizado por mim Jornalista Marcela Rosa , especialista em telejornalismo e produção de vídeos e textos para vídeos e TV, Na minha mentoria on line eu vou te orientar de forma individualizada nos seus trabalhos de vídeo ou ainda de textos para TV ou internet.

Nas Redes Sociais, como jornalista,eu atuo de uma forma diferenciada. Na verdade, uso a minha imagem e o meu texto (fala) como “referência” digital para produtos e serviços que coadunam com meu perfil de mulher adulta, mãe e profissional da comunicação.

O Cerimonial de uma jornalista busca sempre aliar competência e credibilidade com a imagem e a voz que vão representar empresas e organizações.

O meu maior Knowhow é sem dúvida a produção, redação e apresentação de vídeos jornalísticos. E todo este conhecimento é reproduzido nas propostas institucionais.

Iniciar Atendimento
1
Olá bem-vindo ao Portal da Marcela Rosa!

Em que podemos te ajudar? Os nossos serviços são:

- Mentorias em telejornalismo e produção de vídeos e textos para vídeos e TV.
- Média Training
- Digital Influencer
- Cerimonialista (Português, Inglês e Espanhol)
- Produção de vídeos

Estamos a disposição para atendê-lo, aguardamos você!