Manaus, 4 de agosto de 2021
PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Justiça condena pai a mais de 29 anos de prisão pelo assassinato do filho, morto a pauladas em Manaus

Foto: Divulgação
Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on reddit
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

A 3.ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus julgou nesta quinta-feira (15/7), a Ação Penal que teve como réu Rogério Alexandrino dos Santos, acusado de matar o filho de sete anos em 2019, crime ocorrido no bairro Jorge Teixeira, na zona Leste da capital amazonense. O Conselho de Sentença do Júri considerou o réu culpado da acusação e acatou as qualificadoras previstas na lei penal. Rogério foi condenado a pena total de 29 anos e quatro meses de reclusão, em regime fechado.

Rogério está preso desde o dia 17 de junho de 2019, quando teve a prisão preventiva decretada pela Justiça estadual. Esse período em que esteve preso será abatido da pena total aplicada pelo magistrado que presidiu o júri, após a condenação pelo Conselho de Sentença.

Foto: Erlon Rodrigues/ PC-AM

O Ministério Público Estadual denunciou Rogério Alexandrino dos Santos pelo crime de homicídio qualificado. Também pesou contra ele o fato de ter cometido abuso de poder contra a criança e a ocultação de cadáver.

A sessão de julgamento popular foi presidida pelo juiz de direito Rosberg de Souza Crozara. O Ministério Público do Amazonas (MPE/AM) designou o promotor de Justiça José Felipe da Cunha Fish para atuar na acusação. O réu foi assistido pelo defensor público Rafael Albuquerque Maia.

Entenda o caso

No dia 12 de junho de 2019, por volta das 19h30, na rua São Pedro, bairro Jorge Teixeira, em Manaus, de acordo com o inquérito policial que consta dos autos, Rogério levou o filho para um imóvel próximo à residência onde moravam e, aproveitando-se que estava sozinho com a vítima, efetuou vários golpes na criança com o pedaço de madeira. Ainda, conforme o inquérito, logo depois enterrou o cadáver no local.

De acordo com a informação, a avó da vítima passou a questionar Rogério sobre o paradeiro da criança, mas ele nada lhe dizia. Diante disso, a avó pediu ajuda a um amigo, para o qual Rogério acabou confessando o crime, alegando que havia muita confusão na família. Acionada, a polícia foi à residência do suspeito, momento em que ele confessou ter matado o filho e o enterrado o corpo no mesmo local do crime.

Voce pode gostar também!

Estamos ao vivo clique aqui!

Conheça meus serviços

É um serviço especializado realizado por mim Jornalista Marcela Rosa , especialista em telejornalismo e produção de vídeos e textos para vídeos e TV, Na minha mentoria on line eu vou te orientar de forma individualizada nos seus trabalhos de vídeo ou ainda de textos para TV ou internet.

Nas Redes Sociais, como jornalista,eu atuo de uma forma diferenciada. Na verdade, uso a minha imagem e o meu texto (fala) como “referência” digital para produtos e serviços que coadunam com meu perfil de mulher adulta, mãe e profissional da comunicação.

O Cerimonial de uma jornalista busca sempre aliar competência e credibilidade com a imagem e a voz que vão representar empresas e organizações.

O meu maior Knowhow é sem dúvida a produção, redação e apresentação de vídeos jornalísticos. E todo este conhecimento é reproduzido nas propostas institucionais.

Iniciar Atendimento
1
Olá bem-vindo ao Portal da Marcela Rosa!

Em que podemos te ajudar? Os nossos serviços são:

- Mentorias em telejornalismo e produção de vídeos e textos para vídeos e TV.
- Média Training
- Digital Influencer
- Cerimonialista (Português, Inglês e Espanhol)
- Produção de vídeos

Estamos a disposição para atendê-lo, aguardamos você!