Manaus, 23 de janeiro de 2022
PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Reportagens da TV Brasil são finalistas no prêmio NHR de jornalismo

TV BRASIL nova programação
Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

A NHR Brasil – escritório de representação da NLR (Netherland Leprosy Relief, na sigla em inlgês) – divulgou hoje (15) os finalistas do prêmio NHR Brasil de Jornalismo. A TV Brasil, emissora pública da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), foi selecionada em duas categorias: Telejornalismo e Especial – Doenças Tropicais Negligenciadas.

A reportagem Janeiro é o mês da conscientização sobre a hanseníase, da repórter Manuela Castro, foi veiculada em janeiro de 2021 no telejornal Repórter Brasil e alertou o poder público sobre a falta de medicamentos no combate à hanseníase – doença que ataca terminações nervosas e pode se agravar rapidamente caso não seja tratada. O Brasil teve 312 mil novos casos registrados nos últimos dez anos, o que coloca o país na segunda posição no ranking mundial da doença, atrás da Índia. A média de incidência da doença é de 30 mil novos casos por ano apenas no Brasil.

“A reportagem mostra uma situação complicada. Por causa da pandemia, uma população que já era negligenciada deixou de receber medicamentos extremamente importantes. A interrupção do tratamento com esses remédios causa sequelas gravíssimas, inclusive a perda de extremidades. Se a pessoa faz o tratamento, que é oferecido gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), ela consegue conter a doença”, relatou a repórter indicada ao prêmio.

“Incitamos o Poder Público e trouxemos à tona o assunto. E esse é exatamente o papel da comunicação pública: trazer debates que não têm espaço na mídia tradicional e causar impacto na sociedade, mudar a vida das pessoas”, informou Manuela, que escreveu um livro sobre os impactos da hanseníase em uma comunidade isolada em Goiás.

 

Caminhos da Reportagem

Causada por um protozoário, a leishmaniose afeta cerca de 20 mil pessoas ao ano no Brasil e é considerada uma das doenças tropicais negligenciadas. A zona rural de Corte de Pedra, no interior da Bahia, é considerada uma região endêmica quando o assunto é a leishmaniose cutânea.

O programa Caminhos da Reportagem, da TV Brasil, explica as diferenças entre as manifestações da doença, além de acompanhar a vida de pessoas infectadas e a realidade das comunidades carentes que sofrem com a leishmaniose.

O resultado do prêmio será revelado durante a edição de 2021 do encontro da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (SBMT), o MedTrop Play, que acontece em 25 de outubro.

 

Fonte: Agência Brasil

Voce pode gostar também!

Estamos ao vivo clique aqui!

Conheça meus serviços

É um serviço especializado realizado por mim Jornalista Marcela Rosa , especialista em telejornalismo e produção de vídeos e textos para vídeos e TV, Na minha mentoria on line eu vou te orientar de forma individualizada nos seus trabalhos de vídeo ou ainda de textos para TV ou internet.

Nas Redes Sociais, como jornalista,eu atuo de uma forma diferenciada. Na verdade, uso a minha imagem e o meu texto (fala) como “referência” digital para produtos e serviços que coadunam com meu perfil de mulher adulta, mãe e profissional da comunicação.

O Cerimonial de uma jornalista busca sempre aliar competência e credibilidade com a imagem e a voz que vão representar empresas e organizações.

O meu maior Knowhow é sem dúvida a produção, redação e apresentação de vídeos jornalísticos. E todo este conhecimento é reproduzido nas propostas institucionais.

Iniciar Atendimento
1
Olá bem-vindo ao Portal da Marcela Rosa!

Em que podemos te ajudar? Os nossos serviços são:

- Mentorias em telejornalismo e produção de vídeos e textos para vídeos e TV.
- Média Training
- Digital Influencer
- Cerimonialista (Português, Inglês e Espanhol)
- Produção de vídeos

Estamos a disposição para atendê-lo, aguardamos você!