Manaus, 25 de outubro de 2021
PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Festival de Teatro da Amazônia realiza fórum com profissionais de cultura do cenário nacional

Fotos: Divulgação
Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on reddit
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

A partir desta quarta-feira (13/10), o Festival de Teatro da Amazônia (FTA) realiza fórum com profissionais de cultura do cenário nacional, no canal da Federação de Teatro do Amazonas (Fetam) no Youtube, das 18h às 20h. A programação conta com Ana Carla Fonseca, referência da Economia Criativa; Romulo Avelar, da área de Gestão e Produção Criativa; Galiana Brasil, do Itaú Cultural; e Renato Dolabella, do Direito Cultural Brasileiro. A mediação será de Taciano Soares, ator e diretor do Ateliê 23.

Com apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, a iniciativa faz parte do programa +Cultura, um pacote de ações voltadas à cultura e à economia criativa.

Entre os temas em pauta nos encontros estão “Economia Criativa e novos rumos”, “O papel das instituições privadas no incentivo e fomento de produções culturais”, “Leis e Direitos da Cultura” e “O papel das instituições públicas na produção cultural no Brasil”.

Segundo o presidente da Fetam, Francis Madson, o fórum é uma ação cultural com função pedagógica e política do Festival de Teatro da Amazônia, com debates importantes e necessários para a classe artística. “Acreditamos que ações dessa natureza são fundamentais para ampliar as zonas de diálogos entre a sociedade, artistas e instituições”, afirma.

Programação acadêmica – Ana Carla Fonseca abre a rodada de debates com o tema “Economia Criativa e novos rumos”, na quarta-feira. Toda a programação acadêmica, com mediação de Taciano Soares, acontece das 18h às 20h, no canal da Fetam no Youtube.

A primeira convidada no fórum é diretora da Garimpo de Soluções, empresa pioneira em economia criativa, cidades, marca-território e desenvolvimento territorial, consultora e conferencista em cinco línguas, 229 cidades e 32 países, para Organização das Nações Unidas e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Vencedora do Prêmio Jabuti em Economia e finalista em Urbanismo, Ana Carla também recebeu o Prêmio Claudia em 2013, em Negócios e apontada pelo “El País” como uma das oito personalidades brasileiras que impressionam o mundo.

Na quinta-feira (14/10), Romulo Avelar, autor do livro “O Avesso da Cena: Notas sobre Produção e Gestão Cultural”, traz para a pauta do dia “O Papel das Instituições Públicas na Produção Cultural no Brasil”.

Gestor cultural e professor em cursos de produção, planejamento e gestão cultural, ele é consultor de grupos, artistas e entidades culturais da música e das artes cênicas, entre eles o Grupo Galpão.

Renato Dolabella, advogado, mestre em Direito Econômico, doutor e mestre em Propriedade Intelectual e Inovação, vai abordar o tema “Leis e Direitos da Cultura”, na sexta-feira (15/10).

O palestrante é professor de Propriedade Intelectual, Direito Econômico e da Concorrência, Direito do Consumidor, Direito da Cultura e do Entretenimento e Terceiro Setor em cursos de pós-graduação, graduação e extensão, além de presidente da Comissão de Direito das Parcerias Intersetoriais e Organizações da Sociedade Civil da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Minas Gerais (OAB/MG).

No sábado (16/10), Galiana Brasil, do Itaú Cultural, encerra o circuito com “O Papel das instituições privadas no incentivo e fomento de produções culturais”.

A convidada é especialista em Ensino da Arte e gestora de Artes Cênicas do Instituto Itaú Cultural, em São Paulo, desde 2015. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Teatro e Gestão Cultural e pesquisa na área de Currículo e ensino de artes, foi gestora do curso de formação de ator do Serviço Social do Comércio – Departamento Regional de Pernambuco (Sesc/PE) e professora substituta de Fundamentos do Ensino da Arte na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Mediação – Taciano Soares, ator e diretor do Ateliê 23, vai mediar os debates on-line. Doutor em Artes Cênicas e Mestre em Cultura e Sociedade, pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), tem experiência na docência em graduação em Teatro, pós-graduação em Gestão e Produção Cultural e Ensino da Arte, além de desenvolver pesquisas no Teatro sobre a encenação, a atuação e os espectadores contemporâneos, bionarrativas cênicas e, na Gestão Cultural, sobre consumo e políticas culturais e públicos das artes.

Voce pode gostar também!

Estamos ao vivo clique aqui!

Conheça meus serviços

É um serviço especializado realizado por mim Jornalista Marcela Rosa , especialista em telejornalismo e produção de vídeos e textos para vídeos e TV, Na minha mentoria on line eu vou te orientar de forma individualizada nos seus trabalhos de vídeo ou ainda de textos para TV ou internet.

Nas Redes Sociais, como jornalista,eu atuo de uma forma diferenciada. Na verdade, uso a minha imagem e o meu texto (fala) como “referência” digital para produtos e serviços que coadunam com meu perfil de mulher adulta, mãe e profissional da comunicação.

O Cerimonial de uma jornalista busca sempre aliar competência e credibilidade com a imagem e a voz que vão representar empresas e organizações.

O meu maior Knowhow é sem dúvida a produção, redação e apresentação de vídeos jornalísticos. E todo este conhecimento é reproduzido nas propostas institucionais.

Iniciar Atendimento
1
Olá bem-vindo ao Portal da Marcela Rosa!

Em que podemos te ajudar? Os nossos serviços são:

- Mentorias em telejornalismo e produção de vídeos e textos para vídeos e TV.
- Média Training
- Digital Influencer
- Cerimonialista (Português, Inglês e Espanhol)
- Produção de vídeos

Estamos a disposição para atendê-lo, aguardamos você!