Manaus, 23 de janeiro de 2022
PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

MP-AM deve fazer intervenção junto ao Governo depois de 17º dia de greve para não prejudicar ano letivo dos alunos da rede estadual

Foto: Divulgação
Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Na manhã desta quinta-feira (2), o sindicato dos professores AspromSindical e o Comando de greve estiveram na sede do Ministério Público Estadual para solicitar uma ação de cobrança sobre o Governo do Estado em busca de uma solução para estancar a greve da categoria.

Segundo o Sindicato foi informado ao Ministério Público do Estado que contraproposta não foi aceita e os professores ainda procuram solução para a melhoria no salário.

A proposta do governo de 3,93% já foi rejeitada duas vezes nas Assembléias com o sindicato da categoria.

O MPE se comprometeu de agendar uma reunião com o Governador Wilson Lima para tratar sobre o assunto e buscar uma resposta do Chefe do Executivo para a solução da greve.

Mesmo considerando o resultado do protesto produtivo, os professores ainda darão continuidade a greve até a possível negociação entre as duas partes.

MP-AM deve tomar providências para não prejudicar ano letivo dos alunos

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) vai cobrar do Governo do Estado sobre como vai garantir que a greve dos professores da rede pública não afetará a qualidade do ensino e nem prejudicar o cumprimento do ano letivo de 2019. O anúncio foi feito pela Procuradora-Geral de Justiça, Leda Mara Nascimento Albuquerque, em reunião, na manhã desta quinta-feira (2), com os representantes do Sindicato dos Professores e Pedagogos de Manaus (Aspromsindical).

Além da Procuradora-Geral, os grevistas foram recebidos pelo Subprocurador-Geral para Assuntos Jurídicos, Carlos Fábio Monteiro, e os Promotores de Justiça Márcio Borges e Vicente Borges, assessores do Gabinete de Assessoria Jurídica, e Delisa Ferreira, titular da 59ª Promotoria, que trata de assuntos de educação. Em resumo, os Promotores orientaram os professores quanto às atribuições essenciais do MPAM. A principal delas é a fiscalização da qualidade do ensino prestado e se ele está sendo prestado.

Por isso, a preocupação é com os dias parados, sem aula, o que pode prejudicar a qualidade do ensino e o próprio cumprimento do cronograma de aulas do ano letivo em curso. Os professores foram alertados para o problema, sendo lembrados que eles também devem atentar para o problema, apesar do pleito grevista ser reconhecido como legítimo por todos os membros do MPAM presentes na reunião.

Como resposta prática, a Procuradora-Geral de Justiça afirmou que vai provocar uma audiência com o Governador do Estado para ouvir qual o planejamento atual do Poder Público para que não aconteçam os prejuízos descritos na reunião. “É atribuição do MP fazer essa intervenção junto ao Governo do Estado para que nós possamos ajudar na finalização desse movimento de greve e, com isso, as aulas sejam retomadas e os alunos possam ter oportunidade de ter o ensino de forma efetiva”, afirmou Leda Mara Albuquerque.

Para os professores, a intermediação do MPAM dá peso à questão e o objetivo de uma solução rápida para o problema. “Nós temos de concretizar 200 dias de aula no ano letivo e quanto mais a greve se prolongar mais essa situação fica difícil. Nós teremos de fazer a reposição e temos de fazer com qualidade. Já são 11 dias úteis parados e, por isso, precisamos de uma resposta concreta aceitável por parte do Governo”, afirmou a Coordenadora Geral do Sindicato, Helma Sampaio.

Voce pode gostar também!

Estamos ao vivo clique aqui!

Conheça meus serviços

É um serviço especializado realizado por mim Jornalista Marcela Rosa , especialista em telejornalismo e produção de vídeos e textos para vídeos e TV, Na minha mentoria on line eu vou te orientar de forma individualizada nos seus trabalhos de vídeo ou ainda de textos para TV ou internet.

Nas Redes Sociais, como jornalista,eu atuo de uma forma diferenciada. Na verdade, uso a minha imagem e o meu texto (fala) como “referência” digital para produtos e serviços que coadunam com meu perfil de mulher adulta, mãe e profissional da comunicação.

O Cerimonial de uma jornalista busca sempre aliar competência e credibilidade com a imagem e a voz que vão representar empresas e organizações.

O meu maior Knowhow é sem dúvida a produção, redação e apresentação de vídeos jornalísticos. E todo este conhecimento é reproduzido nas propostas institucionais.

Iniciar Atendimento
1
Olá bem-vindo ao Portal da Marcela Rosa!

Em que podemos te ajudar? Os nossos serviços são:

- Mentorias em telejornalismo e produção de vídeos e textos para vídeos e TV.
- Média Training
- Digital Influencer
- Cerimonialista (Português, Inglês e Espanhol)
- Produção de vídeos

Estamos a disposição para atendê-lo, aguardamos você!