Ivete Sangalo e irmão teriam ficado quase sete anos sem se falar

Ivete e Jesus trabalharam juntos por mais de 15 anos Reprodução
Compartilhe

Foram quase sete anos sem se falar. O rompimento de Ivete Sangalo e do irmão Jesus Luz, em 2011, foi para valer e deixou feridas.

Jesus, que morreu na manhã desta quinta-feira, 7, na Bahia, foi empresário de Ivete por muitos anos. Era figura fácil nos shows, eventos, carnavais e nas festas na casa da cantora. Por mais de 15 anos Jesus definiu quase tudo com relação à carreira de Veveta. Da agenda de shows, aos contratos publicitários, quais famosos entravam ou não no camarim…. Eram inseparáveis.

Jesus foi primordial na decolagem de Ivete na carreira solo, assim que ela deixou a Banda Eva. Ela o ouvia como um pai, um conselheiro.

Conheça nossos serviços

– Mentorias
– Media Training
– Digital Influencer
– Cerimonialista
– Produção de Vídeos– Curso – Método da Rosa

Em 2011, eles romperam repentinamente. Jesus foi afastado em meio a rumores de que teria desviado dinheiro. Desapareceu dos compromissos profissionais da irmã e da casa dela. Ivete nunca falou a abertamento sobre a briga, mas era evidente o rompimento rancoroso com o irmão.

Ambos sofreram muito com a separação.

Ela pagou uma indenização de rescisão à ele, mas tocou no assunto de desvio de grana. Nas entrevistas, Ivete dizia que ela mesma queria somente assumir o controle dos negócios.

Jesus foi para a mídia lavar roupa suja.

Ele reclamava que Ivete nunca o defendera das graves acusações de ‘roubo’ e que tinha perdido por completo o contato com a irmã famosa.

Magoado, Jesus chegou a desabafar sobre o assunto anos depois, quando já não trabalhava mais com música.

“Se qualquer pessoa entrar na web, vai encontrar que dei um desfalque de milhões de reais na empresa que eu era presidente. Eu não dei. Isto me prejudicou absurdamente. Não só profissionalmente, como psicologicamente. Foi terrível pra mim. Terrível!”, disse ele em 2016.

Em 2018, a pedido da família, Ivete e Jesus começaram a se reaproximar. Já com a saúde debilitada, Jesus voltou a frequentar a casa da cantora. Nesso longo período afastados, Veveta nunca deixou de saber notícias dele e ajudou nos tratamentos de saúde.

“Nunca brigamos, apenas paramos de trabalhar juntos. Existe uma discussão de relacionamento que ele decidiu tornar pública. Respeitei isso porque todo mundo tem seus direitos. Não é porque sou uma cantora famosa que apenas eu tenho direito à palavra. Mas não tenho absolutamente nada para falar do meu irmão em público. Porque o que eu tiver de resolver, vou resolver pessoalmente com ele. Ninguém mudará o fato de que somos irmãos”, disse a cantora em entrevistas.

Vale destacar que esse é o segundo irmão da cantora que morreu, Marcos Sangalo, faleceu após ser atropelado quando Ivete tinha 16 anos.

 

Fonte: R7