Manaus, 27 de setembro de 2020
PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Justiça proíbe Trump de excluir do censo imigrantes sem documentos

blank
© MANDEL NGAN O presidente americano, Donald Trump, durante comício em Freeland, Michigan
Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on reddit
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

Um tribunal federal de Manhattan negou nesta quinta-feira ao governo de Donald Trump a possibilidade de excluir os imigrantes sem documentos do censo nacional que está sendo elaborado nos Estados Unidos, um revés para o presidente e sua luta contra a imigração ilegal.

Realizado a cada 10 anos, o censo contabiliza todas as pessoas presentes nos Estados Unidos, incluindo as que se encontram em situação irregular. A pesquisa permite determinar a representação dos diferentes estados no Congresso, mas também calibrar a distribuição de centenas de milhares de dólares em fundos federais segundo a população de cada estado.

No fim de julho, promotores de muitos estados, incluindo Nova York, entraram com ações para questionar o direito do governo Trump de não contabilizar os imigrantes sem documentos. Muitos também temiam que a medida reduzisse a participação no censo de pessoas em situação irregular, porque muitas delas acreditam, erroneamente, que irão se expor à deportação se responderem as perguntas.

Conheça nossos serviços

– Mentorias
– Media Training
– Digital Influencer
– Cerimonialista
– Produção de Vídeos
– Curso – Método da Rosa

Em sua sentença de hoje, os três juízes federais determinaram que a medida do governo é ilegal. A decisão representa uma “violação” da delegação outorgada pelo Congresso ao presidente de “contabilizar todas as pessoas de cada estado”.

Ao anunciar sua medida, refutada hoje, Trump disse que se negava a “dar representação parlamentar aos estrangeiros que ingressarem ou permanecerem no país ilegalmente, porque isto criaria incentivos perversos e minaria o sistema de governo” americano.

No ano passado, a Suprema Corte determinou ser ilegal a decisão do governo de solicitar a nacionalidade dos participantes do censo, pergunta que não era feita há mais de 60 anos.

AFP

Voce pode gostar também!

Conheça meus serviços

É um serviço especializado realizado por mim Jornalista Marcela Rosa , especialista em telejornalismo e produção de vídeos e textos para vídeos e TV, Na minha mentoria on line eu vou te orientar de forma individualizada nos seus trabalhos de vídeo ou ainda de textos para TV ou internet.

Nas Redes Sociais, como jornalista,eu atuo de uma forma diferenciada. Na verdade, uso a minha imagem e o meu texto (fala) como “referência” digital para produtos e serviços que coadunam com meu perfil de mulher adulta, mãe e profissional da comunicação.

O Cerimonial de uma jornalista busca sempre aliar competência e credibilidade com a imagem e a voz que vão representar empresas e organizações.

O meu maior Knowhow é sem dúvida a produção, redação e apresentação de vídeos jornalísticos. E todo este conhecimento é reproduzido nas propostas institucionais.

Playlist - Manchetes da Rosa

Iniciar Atendimento
1
Olá bem-vindo ao Portal da Marcela Rosa!

Em que podemos te ajudar? Os nossos serviços são:

- Mentorias em telejornalismo e produção de vídeos e textos para vídeos e TV.
- Média Training
- Digital Influencer
- Cerimonialista (Português, Inglês e Espanhol)
- Produção de vídeos

Estamos a disposição para atendê-lo, aguardamos você!