Manaus, 25 de outubro de 2021
PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Programação da 15ª Primavera dos Museus começa nesta terça-feira (21/09)

Foto: Michael Dantas
Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on reddit
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on skype
Share on email

A partir desta terça-feira (21/09), Manaus vai compor a programação da 15ª Primavera dos Museus, realizada pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e que, neste ano, traz o tema “Museus: Perdas e Recomeços”. O circuito nacional e gratuito, com apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, conta com lançamento de exposições, visitas mediadas e virtuais, apresentação de teatro, exibição de filmes, palestras e sarau.

Segundo o secretário de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz, a temporada segue até sábado (25/09), com atividades no Palacete Provincial, na praça Heliodoro Balbi, no Centro; no Museu do Homem do Norte, no Centro Cultural dos Povos da Amazônia, no Distrito Industrial; e no Museu do Seringal, no Tarumã-Mirim, na margem esquerda do rio Negro, além de visitas virtuais ao Museu Casa Eduardo Ribeiro e ao Teatro Amazonas, disponíveis no Youtube (@culturadoam).

O secretário explica que a pasta oferece programação diversa para propor ao público o retorno aos museus, em um momento de retomada das atividades culturais.

“Tem propostas para todos os públicos, desde palestras até exibição de filmes. Também reforçamos o convite para as visitas mediadas no complexo (Palacete Provincial), que abriga os museus de Numismática, Tiradentes, da Imagem e do Som, de Arqueologia e a Pinacoteca do Estado. É importante que o amazonense se aproxime da sua história”, comenta o titular da pasta.

Para a visita ao Palacete Provincial e ao Centro Cultural dos Povos da Amazônia, é necessário fazer o agendamento no Portal da Cultura (cultura.am.gov.br) e apresentar a carteira de vacinação na entrada. Os equipamentos culturais passam pelo processo de sanitização e têm totens de álcool em pontos estratégicos. São exigidos todos os procedimentos para evitar o risco de contaminação, entre eles o uso obrigatório de máscara, medição da temperatura e distanciamento de 1,5 metro.

Palacete Provincial – Amanhã (21/09), a programação inicia às 9h, com o lançamento das exposições “O Recomeço” e “Aquisições Pinacoteca 2021”.

O “Recomeço” traz o trabalho dos fotógrafos Michell Mello, Mariana Rebouças, Selma Carvalho, Eliton Gomes, Ricardo Balby, Claudia Higuchi e Jorge Santos.

Já “Aquisições Pinacoteca 2021”, com 51 obras adquiridas por meio do edital de auxílio lançado pelo Governo do Amazonas, tem a curadoria de Cristóvão Coutinho e Jair Jacqmont. A mostra traz 29 artistas em um panorama de jovens e novos nomes do cenário das artes visuais amazonense, em linguagens como grafite, desenho, pintura em tela, fotografias e temas como natureza, indígenas e sociais.

A partir desta terça-feira, no Museu da Imagem e do Som do Amazonas (Misam), são exibidos dois filmes por dia, às 9h30 e às 14h, entre eles “Gênio Indomável”, “Click”, “Uma Lição de Amor”, “Intocáveis”, “As Mil Palavras”, “Gigantes de Aço”, “A Vida é Bela”, “Preciosa”, “Histórias Cruzadas” e “O Caminho das Nuvens”.

Na quarta-feira (22/09), às 10h, acontece a apresentação da peça “Lendas Amazônicas”, do Grupo Experimental de Teatro do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro.

Às 14h30, tem a palestra com Mick Jone Nogueira de Almeida no Museu de Arqueologia, com o tema “Museus, Perdas e Recomeços para a Arqueologia”. No dia seguinte, também às 14h30, ele comanda uma aula expositiva sobre o acervo arqueológico durante a visita mediada.

No sábado (25/09), às 14h30, o espaço recebe show acústico da cantora Ketlen Nascimento.

Povos da Amazônia – No Museu do Homem do Norte, nesta terça-feira, será exibido o filme “Tainá: Uma Aventura na Amazônia”. Na quinta-feira (23/09), a partir das 10h, no Cine Silvino Santos, será a vez de “No Paiz das Amazonas”, dirigido pelo cineasta homenageado no espaço. O acesso é gratuito.

Seringal – No afluente do Tarumã-Mirim, na margem esquerda do rio Negro, o Museu do Seringal Vila Paraíso recebe o público das 9h às 15h, de terça a sábado, com entrada a R$ 10 por pessoa. O acesso é feito somente por via fluvial, por meio de embarcações particulares (sem relação com a Secretaria de Estado de Cultura), que saem de hora em hora da Marina do Davi, na Ponta Negra. Cada trecho (ida ou volta) custa R$ 16, por pessoa.

O espaço, com base no igarapé São João, reproduz o cenário de um seringal a partir da infraestrutura do filme “A Selva”. Com duração de 45 minutos, a visita passa pelo trapiche, onde acontecia o desembarque de mercadorias e embarque de cargas de borracha; o casarão, residência do seringalista; e o barracão de aviamento, com artigos manufaturados e industrializados vendidos aos seringueiros.

Os visitantes conhecem no local ainda a capela de Nossa Senhora da Conceição e a casa de banho das mulheres, o “Banho de Yaya”, além da trilha que leva à estrada com as seringueiras, ao tapiri de defumação da borracha, à casa do seringueiro, ao rústico cemitério cenográfico e à casa de farinha.

Visita virtual – No Youtube (@culturadoam), o público encontra o circuito on-line do Teatro Amazonas e do Museu Casa Eduardo Ribeiro.

Voce pode gostar também!

Estamos ao vivo clique aqui!

Conheça meus serviços

É um serviço especializado realizado por mim Jornalista Marcela Rosa , especialista em telejornalismo e produção de vídeos e textos para vídeos e TV, Na minha mentoria on line eu vou te orientar de forma individualizada nos seus trabalhos de vídeo ou ainda de textos para TV ou internet.

Nas Redes Sociais, como jornalista,eu atuo de uma forma diferenciada. Na verdade, uso a minha imagem e o meu texto (fala) como “referência” digital para produtos e serviços que coadunam com meu perfil de mulher adulta, mãe e profissional da comunicação.

O Cerimonial de uma jornalista busca sempre aliar competência e credibilidade com a imagem e a voz que vão representar empresas e organizações.

O meu maior Knowhow é sem dúvida a produção, redação e apresentação de vídeos jornalísticos. E todo este conhecimento é reproduzido nas propostas institucionais.

Iniciar Atendimento
1
Olá bem-vindo ao Portal da Marcela Rosa!

Em que podemos te ajudar? Os nossos serviços são:

- Mentorias em telejornalismo e produção de vídeos e textos para vídeos e TV.
- Média Training
- Digital Influencer
- Cerimonialista (Português, Inglês e Espanhol)
- Produção de vídeos

Estamos a disposição para atendê-lo, aguardamos você!